Acredite com a gente

Se todos que visitam esse site se juntarem ao Acredito, não há nenhuma transformação que nós não possamos fazer juntos.

Inscrever-se

Nossos posicionamentos

Conheça nossos posicionamentos

Conecte-se com o Acredito

Nosso sonho

Um novo congresso, com a cara do Brasil. Uma renovação de princípios, práticas e pessoas na nossa política. Renovação com uma prioridade: superar nossas profundas desigualdades, barreiras a um projeto de país mais estável, justo e desenvolvido.

Contribua

Nos ajude a tornar realidade o Brasil em que nós acreditamos.

Doar

Nossos Valores

Dignidade e Igualdade de Oportunidades

Acreditamos que nossa sociedade só será justa quando for menos desigual, oferecendo igualdade de oportunidades e garantindo condições mínimas de dignidade a toda população brasileira.

Acreditamos no papel ativo do Estado, das empresas e da sociedade civil no combate às desigualdades, na valorização do esforço e na criação de canais de mobilidade social e econômica. Acreditamos na meritocracia como valor e não justificativa de desigualdades. Só construiremos uma nação meritocrática e desenvolvida quando tivermos igualdade de oportunidades e uma rede de proteção que garanta dignidade a todxs, permitindo valorizar o principal patrimônio nacional: brasileirxs.

Diversidade

Acreditamos que a democracia brasileira se tornará mais forte quando for reflexo real do seu povo, com representatividade de gênero, racial, regional e social.

A sociedade é mais forte, produtiva e justa quando ela se alavanca em suas diversidades. Por isso, acreditamos na importância em termos um time diverso e qualificado, promovendo o respeito, a tolerância e a empatia. Acreditamos também em ações afirmativas, no papel ativo do Estado e da sociedade no combate ao racismo, LGBTfobia, xenofobia, preconceitos regionais, intolerância religiosa e outras formas de discriminação e opressão.

Ética e Transparência

Defendemos uma nova forma de fazer política, que seja pautada na honestidade, transparência e ética. Escolher sempre pelo certo, sem atalhos.

Defendemos um choque de transparência, com um combate sem tréguas à corrupção e ao mau uso do dinheiro público. Acreditamos em uma sociedade cuja ética deve estar refletida nas ações do governo e decisões do dia a dia. Escolher sempre os meios corretos em busca dos resultados desejados.

Estado Eficiente

Acreditamos em um Estado eficiente e menos engessado. Defendemos políticas públicas com base em evidências e que respeitem os contextos locais.

Rechaçamos a disputa simplista entre estado grande e mínimo. Acreditamos que este deva garantir o acesso adequado a bens e serviços públicos de qualidade. Para isso, é necessária uma gestão voltada a resultados, que defina os arranjos de provisão mais apropriados em cada situação. Defendemos ainda políticas públicas que incorporem participação e avaliação como pilares centrais.

Sociedade Plural e Livre

Acreditamos em uma sociedade plural e livre, e em sua capacidade de gerar soluções. Defendemos o respeito às liberdades individuais e o combate à intolerância.

Defendemos a importância das garantias individuais e das organizações coletivas. Acreditamos na iniciativa autônoma e proativa, em uma política construída “por” e não só “para” todos. Na capacidade da sociedade em se engajar e mudar o seu redor.

Economia Empreendedora e Competitiva

Acreditamos em uma economia moderna e verdadeiramente competitiva. Mais empreendedora, diversificada e internacional, e regulada de forma eficiente pelo Estado.

Defendemos a importância do aumento da produtividade. A promoção do empreendedorismo e inovação. A quebra de privilégios e regalias a grupos organizados. O papel da iniciativa privada no desenvolvimento econômico e social, assim como o papel do Estado em uma regulação eficiente e transparente.

Sustentabilidade

Acreditamos em uma economia desenvolvida em harmonia com o meio-ambiente e com respeito aos povos indígenas e comunidades tradicionais.

Acreditamos que é nosso dever, enquanto geração, construit de um modelo de desenvolvimento sustentável. Preservando a biodiversidade, mitigando os riscos das mudanças climáticas e colocando o Brasil na vanguarda mundial da sustentabilidade.

Dúvidas Frequentes

O que o Acredito é?

O Acredito é um movimento que busca a renovação da política no Brasil. Uma renovação de princípios, práticas e pessoas. A renovação que queremos tem uma prioridade: superar nossas profundas desigualdades, barreiras a um projeto de país mais estável, justo e desenvolvido. Acreditamos que o Brasil só será justo quando oferecer dignidade e igualdade de oportunidades a todas e todos os brasileiros.

O que o Acredito definitivamente não é?

Acredito não é um partido. Somos um movimento nacional e suprapartidário. Para as eleições de 2018 vamos apoiar candidaturas alinhadas aos valores e posicionamentos do Acredito em diversos partidos e estados. Somos um movimento suprapartidário e acolhemos todos os partidos alinhados aos valores do Acredito.

Como o Acredito é financiado?

Somos financiados apenas por doações de pessoas físicas que compactuam com os valores do Acredito. Para blindar o movimento, criamos um teto onde um mesmo CPF está limitado a doar, no máximo, 20% do orçamento total do movimento.

Como funcionam as doações para quem mora fora do Brasil?

Da mesma maneira que funciona para as pessoas que moram aqui. É só entrar no site e fazer a contribuição. Segue o link:

A criação da rede não é uma pirâmide?

Não. Nós somos organizados a nível nacional, estadual e local, mas nenhum dos nossos núcleos é obrigado a seguir diretrizes nacionais. Damos liberdade de atuação aos núcleos, desde que eles estejam alinhados aos nossos valores. Além disso, orientamos boas práticas que podem ser feitas para aumentar o impacto do movimento.

O que garante que os candidatos irão seguir as diretrizes do movimento e não do partido?

As candidaturas do Acredito irão se comprometer publicamente com uma carta de posicionamentos e práticas que elas pretendem conduzir, caso eleitas. Se, durante o mandato, as ações da/o candidata/o eleita/o destoarem do que foi combinado com o Movimento Acredito, esta pessoa perderá todo o apoio e os vínculos com o Movimento.

Como surgiu o Acredito?

Surgiu a partir da inquietação de jovens das 5 regiões do Brasil que se dispuseram a transformar indignação em ação política.

Quais são os objetivos do Acredito?

O acredito tem 3 principais objetivos.

  1. Construir agenda de prioridades para o congresso (finalísticos e de práticas);
  2. Empoderar comunidades para que atuem politicamente;
  3. Reduzir barreiras eleitorais entre as lideranças do Acredito e o Congresso.

O Acredito é de esquerda ou de direita?

Acreditamos no esgotamento das fórmulas simplistas de direita-esquerda ou estado grande e mínimo e o radicalismo por trás destas dicotomias. Defendemos políticas que cremos que sejam universais. Acreditamos em políticas efetivas de educação, saúde, assistência social, segurança alimentar e saneamento básico, adaptadas às diferentes realidades, que ataquem as raízes estruturais da desigualdade que nos aflige. Acreditamos também na possibilidade de desenvolvimento econômico aliado ao desenvolvimento social, sempre em harmonia com o meio-ambiente e com respeito aos povos indígenas e comunidades tradicionais.

Como vão ser definidas as candidaturas do Acredito?

Através de um modelo de prévias que tenha participação da população, dos voluntários do Acredito e de um filtro que garanta que a candidatura esteja de acordo com os valores do movimento.

Como posso me voluntariar?

Os voluntários do Acredito ao se inscreverem no site podem escolher se voluntariar presencialmente ou virtualmente. Presencialmente: participando de um núcleo, de ações locais e como mobilizador apresentando o Acredito para sua rede. Virtualmente: Participando de missões virtuais

Quando acontecem as reuniões?

Os voluntários que participam de núcleos participam de reuniões de acordo com a agenda do núcleo. Em alguns momentos o Acredito nacional organiza alguns encontros mais pontuais que são divulgados em nossas mídias sociais e via newsletters. Se inscreva para ficar sempre atualizado das novidades.

Quero fazer parte de um núcleo, o que preciso fazer?

Após sua inscrição você receberá um e-mail com o contato das lideranças de seu estado, entre em contato com eles manifestando interesse e participe da reunião de acolhida.

Qual é o papel dos núcleos estaduais?

Ser um representante do Acredito em seu estado, ajudar na construção da agenda de prioridades, apoiar abertura de núcleos municipais, promover ações pontuais que visam solucionar algum problema local.

E os núcleos municipais, o que fazem?

Com a visão mais local os núcleos municipais mobilizam e organizam ações que promovam soluções para seu município, ajudam a construir uma agenda de prioridades locais. Como os voluntários do núcleo residem próximo, viabiliza a realização de reuniões e capacitações presenciais.

Meu estado não possui núcleo, o que devo fazer?

Você pode ajudar abrir um núcleo em seu estado, para isso analise se na sua rede possui no mínimo mais 5 pessoas engajadas e  comunicar ao time nacional pelo e-mail engajamento@movimentoacredito.org para agendar o treinamento de abertura do núcleo.

Qual o papel do mobilizador e como ser um?

Mobilizador é toda pessoa da sociedade que se identifica com o movimento e quer contribuir com a divulgação e crescimento. Para isso acontecer organizam eventos, reuniões, workshops que reúnam pessoas de sua rede para conhecer e entender melhor sobre.

Me inscrevi como voluntário virtual, o que faço agora?

Ao se inscrever como voluntário virtual você receberá conteúdos e missões via newsletter, grupo de whatsapp e grupo do facebook. Ótimo momento também para nos seguir nas redes sociais, curtir e compartilhar tudo o que desejar.

Receba alertas pelo celular

Deixe o seu número se quiser receber alertas do acredito pelo WhatsApp.

O que dizem sobre o Acredito

Você está pronto?

Engajar-se

Organize

Pronto para renovar a política brasileira e contruir um Brasil com mais igualdade de oportunidades?

Conecte-se com o Acredito

Posicionamento

Brasil que queremos

Nova política anti privilégios

Acreditamos em uma política que combata privilégios e quebre o monopólio de sobrenomes. Que coloque as pessoas no centro das decisões. Uma política que vá além da polarização radical. Que promova o diálogo e a busca de soluções efetivas.

Congresso transparente, participativo e verdadeiramente representativo

Acreditamos em um novo congresso, mais contemporâneo. Conectado com a sociedade, com suas demandas e seu ritmo. Acreditamos em uma representação mais transparente e inovadora, que permita maior influência da população no processo legislativo. Que utilize-se das tecnologias mais recentes para tornar-se permeável, em tempo real, aos eleitores e à inteligência coletiva de quem será impactado pelas decisões.

Sustentabilidade econômica e social

Acreditamos também em uma economia desenvolvida em harmonia com o meio-ambiente e com respeito aos povos indígenas e comunidades tradicionais. Preservando a biodiversidade, mitigando os riscos das mudanças climáticas e colocando o Brasil na vanguarda mundial da sustentabilidade.

Combate à Corrupção

Acreditamos no combate sem tréguas à corrupção e ao mau uso do dinheiro público. Defendemos um choque de transparência, em que gestores e fiscalizadores são responsáveis por suas ações. Acreditamos em uma sociedade cuja ética deve estar refletida não apenas nas grandes decisões do governo, mas também nas pequenas ações de seu dia a dia.

Valorização da cultura brasileira

Acreditamos em um Brasil que valoriza sua cultura e suas manifestações populares. Cultura como instrumento de desenvolvimento, como emancipação nacional e como afirmação de identidades étnicas, locais, regionais e nacionais.

Campanhas baratas e propositivas

Acreditamos em um novo formato de campanhas. De baixo custo, financiadas com mais equidade e transparência, com limites para doações individuais. Defendemos também a aproximação entre eleitores e eleitos com base em ideias e não em trocas de favores.

Redução das profundas desigualdades

A renovação que queremos tem uma prioridade: superar nossas profundas desigualdades, barreiras a um projeto de país mais estável, justo e desenvolvido. Acreditamos que o Brasil só será justo quando oferecer dignidade e igualdade de oportunidades a todas e todos os brasileiros. Quando quebrar privilégios. Quando curar as feridas de um passado aristocrático, escravocrata e patriarcal.

Políticas sociais universais

Acreditamos em políticas universais e efetivas de saúde, assistência social, segurança alimentar e saneamento básico, adaptadas às diferentes realidades, que ataquem as raízes estruturais da desigualdade que nos aflige. Acreditamos na educação básica de qualidade como principal ponte de acesso às mesmas chances para todos os brasileiros e brasileiras.

Sociedade Diversa e Livre

Acreditamos em uma sociedade diversa, plural e livre. No respeito às liberdades e garantias individuais. Na proteção de direitos sistematicamente violados, em especial os relativos às mulheres, negros, indígenas e pessoas com deficiência. Acreditamos no combate ao machismo, racismo, LGBT+fobia, xenofobia, preconceitos regionais, intolerância religiosa e outras formas de discriminação e opressão.

Combate inteligente à violência

Acreditamos no combate à violência com inteligência e prevenção, e não apenas com repressão. Na superação do atual modelo que tira a vida jovens negros das periferias e que produz umas das polícias que mais matam e morrem no mundo. Acreditamos em uma nova política de drogas, em contraponto a uma guerra cara e ineficiente.

Partidos democráticos e transparentes

Acreditamos em práticas partidárias mais democráticas e transparentes, tanto em sua gestão quanto no seu financiamento. Acreditamos em partidos com propostas objetivas e que promovam a renovação de lideranças, com representação de identidades raciais e de gênero que reflitam o Brasil. Defendemos o fim das coligações em eleições proporcionais e a implantação gradual de cláusula de barreira, a fim de reduzir o excesso de partidos sem impedir a possibilidade de renovação.

Economia Inclusiva e competitiva

Uma agenda realista de igualdade de oportunidades passa por uma visão madura da economia de mercado, de suas potencialidades e limitações.

Acreditamos em uma economia moderna e verdadeiramente competitiva, conectada de forma qualificada no mercado global. Que promova o empreendedorismo e a inovação. Que quebre privilégios e regalias a grupos organizados. Defendemos a importância do aumento da produtividade, com investimento adequado em ciência, tecnologia e infraestrutura. Para isso, é preciso um Estado que crie condições e regule os setores econômicos de forma mais transparente e eficiente.

Gestão Pública moderna e eficiente

Acreditamos em um Estado eficiente e menos engessado. Rechaçamos a disputa simplista entre estado grande e mínimo. Acreditamos que este deva garantir o acesso adequado a bens e serviços públicos de qualidade. Para isso, é necessária uma gestão voltada a resultados, que defina os arranjos de provisão mais apropriados em cada situação. Defendemos ainda políticas públicas formuladas com base em evidências e que respeitem os contextos locais, incorporando participação e avaliação como pilares centrais.

Leia a íntegra do nosso Manifesto